Quinta, 24 de Setembro de 2020
(89) 98132 5954 - Redação
Política INVESTIGAÇÃO

Polícia Federal | Prefeito interino de Gilbués faz pagamentos a empresa alvo de investigação em Teresina

Operação realizada na manhã desta quarta-feira (02) da Operação Caligo, da Polícia Federal, que tem o objetivo de cumprir 10 mandados de busca e apreensão em Teresina.

02/09/2020 12h13 Atualizada há 3 semanas
Por: Redacao Fonte: Portal Corrente
Polícia Federal | Prefeito interino de Gilbués faz pagamentos a empresa alvo de investigação em Teresina

A Empresa Distrimed, apontada na auditoria que está sendo realizada na gestão interina do prefeito Paulo Henrique Mascarenhas em Gilbués por supostas irregulares, foi alvo na na manhã desta quarta-feira (02) da Operação Caligo, da Polícia Federal, que tem o objetivo de cumprir 10 mandados de busca e apreensão em Teresina.

Segundo a PF, um dos alvos da operação é a Fundação Municipal de Saúde de Teresina e duas distribuidoras, uma delas a Distrimed. Desde de março de 2020 foram firmados, mediante dispensa de licitação, diversos contratos emergenciais entre a Fundação Municipal de Saúde e duas empresas fornecedoras de EPIs, kit de testes IGG/IGM, insumos e equipamentos hospitalares para enfrentamento à pandemia causada pela Covid 19, custeados com recursos do FNS e Ministério da Saúde.


No município de Gilbués, dados preliminares identificaram gastos de R$ 408 mil reais com a mesma empresa, uma média diária de R$ 6.460,00 reais durante os 63 dias de gestão. Segundo assessoria jurídica, não há documentação sobre os ítens adquiridos ou qualquer demosntrativo que justifique o vultuoso repasse à Distrimed. Também não foi identificado nenhum processo licitatório justificando o repasse dos recursos federais à distribuidora.

Em 2012, a Distrimed já foi alvo da operação Gangrena, da Polícia Federal. Segundo a PF, a empresa é suspeita das mesmas práticas criminosas investigadas naquele ano, como superfaturamento e emissão de notas frias. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.