Domingo, 29 de Novembro de 2020
(89) 98132 5954 - Redação
Educação OLIMPIADAS

Escolas piauienses chegam à final da 12ª Olimpíada de História

O Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Lima Rebelo é uma das seis escolas piauienses que chegaram à final

10/11/2020 09h01
Por: Redacao
Escolas piauienses chegam à final da 12ª Olimpíada de História

Um total de 421 equipes de todos os estados do país estão na final da 12ª Olímpiada Nacional em História do Brasil (ONHB), projeto realizado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e realizada de forma on-line por causa da pandemia do coronavírus. Seis escolas do Piauí participam da fase decisiva.

O Centro Estadual de Tempo Integral (Ceti) Lima Rebelo é uma das seis escolas piauienses que chegaram à final, deixando toda a população de São Miguel do Tapuio orgulhosa. A diretora Elenilze Rodrigues Mineiro Leitão comemorou junto com toda comunidade escolar, em especial os professores de História Fernanda Oliveira e Celson Moraes, a conquista.

“Com lágrimas nos olhos e o coração cheio de gratidão venho informar que o Ceti Lima Rebelo é um dos 421 finalistas na 12ª edição da Olimpíada Nacional em História do Brasil! A equipe Visão do Passado do 1º ano A (integral) é a representante na grande final, também é a única equipe representante do município de São Miguel do Tapuio e somos uma das seis equipes do Piauí”, relatou o diretora.

A Olimpíada teve início em setembro, com 69,8 mil inscritos de todo país, um total de 17,4 mil equipes. O projeto, que ocorreria no primeiro semestre, foi adiado por causa da pandemia e adaptado para uma versão totalmente on-line e mais acessível.

“Apesar de a ONHB ser on-line e somente sua final presencial, nós buscamos alternativas para que ela fosse ainda mais acessível diante do contexto da suspensão das aulas nas escolas. O resultado foi bastante positivo e conseguimos manter nosso compromisso e contribuição com o processo de ensino e aprendizagem de História”, afirmou a coordenadora da ONHB e professora do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp, Cristina Meneguello.

O anúncio dos medalhistas será feito por meio de um vídeo que será postado nas redes sociais no dia 22 de novembro. Os vencedores receberão 20 medalhas de ouro, 30 de prata e 40 de bronze, que serão enviadas às escolas.

  Mudanças da 12ª edição

Uma das mudanças realizadas nesta edição foi a criação da fase zero, que teve caráter experimental para que os participantes pudessem se adaptar à plataforma e novos prazos, além de conhecer o formato da prova. A plataforma da prova também foi adaptada para uma tecnologia que facilita a navegabilidade pelo celular e reduz, ao máximo, o uso de dados. Os participantes também puderam realizar a prova de forma off-line e usar a internet somente para fazer o envio das respostas.

A participação na Olimpíada de História ocorre por meio de equipes formadas por um professor de História e três alunos matriculados nos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e todos os anos do Ensino Médio, de escolas públicas e particulares. Possui seis fases on-line, com duração de uma semana cada. As questões de múltipla escolha e realização de tarefas foram respondidas pelos participantes por meio de debate com os colegas, pesquisa em livros, internet e orientação do professor.

Sobre a ONHB

A ONHB é um projeto realizado pelo Departamento de História da Unicamp. Em 2020, em sua 12ª edição, consolidou-se com uma importante ferramenta de aprendizado do ensino de História. Tem apoio do Programa de Pós-Graduação em História da Unicamp, com a participação de docentes, mestrandos e doutorandos.

Mais informações em: www.olimpiadadehistoria.com.br

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.