Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
(89) 98112 9965
Geral PIAUÍ

Piauí: Secretária de Saúde é exonerada porque teria 'furado fila' da vacinação contra Covid

Lorayny é nutricionista e estava há menos de um mês no cargo

29/01/2021 10h03
Por: Redacao Fonte: 180graus
Lorayny Carvalho da Silva
Lorayny Carvalho da Silva

A secretária de saúde da cidade de Passagem Franca do Piauí, Lorayny Carvalho da Silva, foi exonerada do cargo após informações de que ela teria sido vacinada contra a Covid-19 mesmo sem pertencer ao grupo prioritário.

Lorayny é nutricionista e estava há menos de um mês no cargo. A exoneração foi assinada pelo prefeito Saulo Trajano após o Ministério Público do Piauí, por meio da Promotoria de Justiça de Barro Duro, instaurar procedimento para apurar se a atual Secretária de Saúde de Passagem Franca do Piauí desrespeitou a ordem de prioridade na vacinação contra o novo coronavírus, já que ela foi vacinada no primeiro lote recebido pela municipalidade, aparentemente sem pertencer aos grupos prioritários.

Agentes públicos que “furam a fila” de vacinação podem ser responsabilizados criminalmente, por ato de improbidade administrativa e compelidos à reparação por dano moral coletivo.

Veja a nota da prefeitura:

O prefeito de Passagem Franca do Piauí, Saulo Trajano (PSDB), assinou nesta quinta-feira (28) a exoneração de Lorayny Carvalho da Silva, do cargo de Secretária municipal de Saúde, após o Ministério Público do Piauí (MP-PI), através da 1º Promotoria de Justiça de Barro Duro, impetrar Notícia de Fato para apurar conduta de que a referida gestora teria recebido dose de vacina contra a Covid-19, sem, supostamente, pertencer a grupo de risco, grupo este referente a trabalhadores da saúde, idosos a partir dos 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas).

O prefeito esclarece que cumpria agenda em Teresina no primeiro dia de vacinação em Passagem Franca, portanto, não estava presente quando a secretária recebeu a dose; que vai se manifestar judicialmente no âmbito do Ministério Público no prazo concedido e que o município segue rigorosamente a tabela de vacinação adotada pelo Governo do Estado bem como as medidas de restrições decretadas para conter a disseminação do novo coronavírus na cidade.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.