Terça, 21 de Setembro de 2021
37°

Poucas nuvens

Monte Alegre do Piauí - PI

Geral PRÓ-PIAUÍ

Governador autoriza obras que vão trazer desenvolvimento para Redenção do Gurguéia

As ações contemplam as áreas de educação, saúde, esporte, mobilidade urbana e infraestrutura viária.

27/08/2021 às 18h48
Por: Glebenei Sousa
Compartilhe:
Governador autoriza obras que vão trazer desenvolvimento para Redenção do Gurguéia

O governador Wellington Dias e o coordenador do Pro Piauí, Rafael Fonteles, autorizaram nesta sexta-feira (27), obras que vão alavancar o desenvolvimento da cidade de Redenção do Gurguéia, a 664 km ao sul de Teresina. As ações contemplam as áreas de educação, saúde, esporte, mobilidade urbana e infraestrutura viária.

O maior investimento será na recuperação da PI-257. A rodovia que liga Redenção do Gurguéia a Curimatá, Corrente e Parnaguá será restaurada com custo estimado em R$ 28,9 milhões. A obra ficará sob responsabilidade do DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

“São ações muito importantes para a qualidade de vida, desenvolvimento, gerar emprego e renda” avaliou Wellington Dias.

Com recursos do PRO Piauí, serão construídos ainda uma pista de caminhada com custo estimado em R$ 1 milhão; um poço para abastecimento d’água, no valor de R$ 300 mil; um estádio de futebol estimado em R$ 400 mil; pavimentação poliédrica no valor de R$ 360 mil. A Unidade Escolar Marcos Parente será contemplada com uma quadra poliesportiva orçada em R$ 911 mil.

“Obras de mobilidade urbana, pavimentação poliédrica, sistema de abastecimento de água, ginásio poliesportivo anexo a esta escola onde estamos que será ampliada, reformada, colocado ar-condicionado aqui. Também um estádio de futebol será construído. Além da ordem de serviço da reconstrução da rodovia que liga Redenção do Gurguéia a Curimatá, em direção a Parnaguá e Corrente. O PRO Piauí chegando forte na cidade de Redenção do Gurguéia também”, declarou Rafael Fonteles.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.